8 tendências de RH que todo profissional deve saber
Metadados

8 tendências de RH que todo profissional deve saber

Nos últimos anos, o advento das tecnologias tem levado mais facilidade ao dia a dia dos profissionais de Recursos Humanos, revolucionando a maneira de trabalho destes setores. Diante das inúmeras opções, há os que aderem às tendências de RH e os que optam continuar executando as tarefas operacionais à moda tradicional.

Contudo, o que se sabe é que o uso dessas facilidades tecnológicas, em pouco tempo, será obrigatório para todas as empresas que desejarem se manter ágeis e competitivas.

Neste contexto, os sistemas de Recursos Humanos têm se sobressaído. Afinal, eles automatizam os processos operacionais e tornam o cotidiano dos profissionais muito mais produtivo e assertivo. Além deles, outras tendências  de RH despontam entre as novidades para os próximos anos. É profissional de Recursos Humanos e deseja manter-se atualizado? Então acompanhe o artigo, produzido pela Metadados – empresa que desenvolve sistema para a gestão de RH. Boa leitura!

O que dizem as pesquisas sobre as tendências de RH

A rede social e profissional LinkedIn tem realizado pesquisas com uma certa frequência. Recentemente, ouviu mais de 300 líderes corporativos brasileiros das áreas de Recursos Humanos que, juntos, listaram as principais tendências que devem transformar o setor nos próximo anos. Dentre as elencadas, algumas são guiadas pelo uso das tecnologias.

São elas:

  1. Avaliação de competências interpessoais
    Entre as principais tendências de RH apontadas entre os líderes está a avaliação de competências interpessoais, isto é, a habilidade do profissional em lidar com diferentes pessoas e situações. Segundo a pesquisa, 41% dos entrevistados acreditam que avaliar esse aspecto pode ajudar a prever o sucesso do candidato em determinada vaga.
  2. Candidatos conscientes 
    35% dos líderes apontaram que preocupam-se em contratar novos colaboradores que se identificam com a cultura, missão e visão da empresa, isto é, profissionais que desejam se tornar protagonistas e estejam conscientes de sua função.
  3. Automação
    Não é uma surpresa que a automação tenha sido citada (27%) entre as principais tendências de RH para os próximos anos, até porque ela já tem estado muito presente em empresas que veem na tecnologia a melhor solução para desburocratizar os processos operacionais, reduzir custos e retrabalho.
    Assim, a automação tende a aumentar em todos os processos de RH nos próximos anos, desde o recrutamento e seleção, até folha de pagamento, frequência, benefícios, entre outros. Afinal de contas, a tecnologia deve ser usada a favor da empresa.
  4. Recrutamento e Seleção Inteligente Os processos de recrutamento e seleção são fundamentais para toda empresa que deseja obter um crescimento a curto prazo. Afinal, escolher o melhor candidato é uma tarefa complexa. Por isso, ao serem questionados sobre as apostas para o futuro, 28% dos líderes indicaram ferramentas inovadoras de recrutamento e seleção, que englobam triagem e que até analisam o tom de voz dos candidatos como uma das tendências de RH para os próximos anos. Segundo eles, esse processo deve ser 100% online.

    Além das pesquisas do LinkedIn

  5. AutogestãoAlém da pesquisa do LinkedIn, especialistas listam outras tendências de RH. Segundo eles, entre as novidades está a autogestão, ou seja, o protagonismo do profissional no seu ambiente de trabalho. Na autogestão, o profissional administra seu tempo e seu desempenho de acordo com as suas demandas. Como consequência, poderá haver uma redefinição entre superiores e subordinados.
  6. Remuneração variável e remuneração fixa Resultado da autogestão, outra tendência do futuro é a remuneração ser dada de acordo com a produção do profissional. Ou seja, a remuneração fixa baseada nas competências exigidas para o cargo deverá ser cada vez menor.Assim, os profissionais que produzirem mais, poderão ter uma remuneração maior e os que não produzirem o necessário, uma remuneração menor. O que você pensa sobre essa questão elencada nas tendências de RH?
  7. Indicadores e métricas em RH Os indicadores de Recursos Humanos são fundamentais para as tomadas de decisões das empresas. Porém, o que muitas ainda não fazem é medir esses indicadores de forma correta, o que prejudica o andamento das corporações.Já existem no mercado sistemas para isso, o que tem ajudado muitos profissionais e gestores na resolução de problemas ao longo do dia a dia.
    O uso destas ferramentas e até do People Analytics também estão entre as tendências de RH.
  8. Design ThinkingO Design Thinking é outra “novidade” listada nas tendências de RH. Ele segue um processo de quatro fases em que o foco maior é no ser humano e na sua multidisciplinaridade. A intenção de inserir o design thinking no RH é propor mecanismos para fugir do pensamento tradicional e ter uma visão mais ampla do todo. Assim, será possível inovar os processos, os produtos e serviços, além de melhorar a comunicação com os colaboradores.meio artigo

Você está preparado para as tendências de RH? 

Claramente, as tendências de RH vislumbradas impactarão no dia a dia dos profissionais. Contudo, é válido que os colaboradores da área de RH estejam cientes de que precisam conhecer cada uma delas, a fim de avaliar qual melhor se encaixa à cultura da sua corporação. Afinal de contas, não é nenhuma novidade que as tecnologias têm facilitado o trabalho operacional de muitas empresas.

Muitas corporações já automatizaram seus processos e, com isso, têm reduzido custos, retrabalhos e até passivos trabalhistas. A tecnologia de sistemas de gestão de RH tem criado um leque de opções para os profissionais, que agora tem tempo disponível para planejar e agir estrategicamente. Além disso, deixar que um sistema programado execute as atividades operacionais, minimiza as possibilidades de erros e torna os processos mais ágeis, assertivos e confiáveis.

Neste sentido, não há como o profissional ainda se deter à forma antiga de gestão. A modernidade não deve ser vista como um tabu, mesmo que traga impactos no início da implantação que, certamente, ao final, valerão a pena.

Quer saber mais sobre conteúdos, legislação e tendências do mundo de Recursos Humanos? Então não deixe de acessar nosso blog. Toda semana tem post novo para manter os profissionais e gestores do segmento atualizados.