Dicionário do RH: conheça os termos mais usados - Blog do RH
Metadados

Dicionário do RH: conheça os termos mais usados

Aquela reunião semanal na empresa virou Brainstorming? O Benchmarking já é uma ferramenta estratégica? Seu diretor se tornou CEO? Você é Coach, Coachee ou Coaching? Conseguiu respostas a todas as questões? Não?! Então esse conteúdo é para você!

Sabemos que o universo corporativo está em constante transformação e que diariamente surgem novas linguagens que fica até difícil acompanhar. Mas, calma! Você não é o único profissional que ainda possui dúvidas acerca dos novos termos do mundo de Recursos Humanos.

O dicionário corporativo de RH é extenso. Então, para facilitar seu dia a dia, nós, da Metadados – empresa que desenvolve sistemas para a gestão de RH – criamos esse dicionário ou glossário, como queiram chamar, para traduzir os principais termos utilizados. Assim, sua empresa poderá ser uma Learning Organization.

Saiba mais!

A 

ABSENTEÍSMO: Termo utilizado para referir-se às ausências dos profissionais no ambiente laboral, isto é, as ausências do trabalhador.

ASAP (AS SOON AS POSSIBLE): Significa “o mais breve possível”, “urgentíssimo”. Normalmente utilizado no final das correspondências eletrônicas para identificar urgência no retorno.

AVALIAÇÃO 90 GRAUS: Sistema de medição de Desempenho direta e praticada pelo líder imediato na hierarquia funcional, ou seja, o gestor.

AVALIAÇÃO 180 GRAUS: Modelo de avaliação em que o subordinado não é consultado, apenas clientes, chefes e colegas.

AVALIAÇÃO 360 GRAUS: Situação em que todos avaliam a todos, desde colegas, subordinados e chefias. Tem o intuito de apoiar o desenvolvimento e o desempenho dos profissionais.

B

B2B ou BTB: Business to Business. Nome dado ao comércio direto entre empresas, sem a participação do consumidor e por intermédio da internet.

B2C ou BTC: Business to Consumer. Comércio realizado diretamente entre empresa produtora, vendedora ou prestadora de serviços para o consumidor final. O processo se dá por meio da internet, ou seja, e-commerce.

B2E:  Business to Employee. Espécie de marketing voltado para dentro das empresas, proporcionando aos colaboradores a mesma agilidade de acesso que dá aos compradores.

BENCHMARKING: Processo contínuo de comparação dos produtos, serviços e práticas empresarias de uma organização com as das líderes do mercado. O objetivo é melhorar os processos e/ou produtos quando comparados aos concorrentes.

BRAINSTORMING: Reunião ou procedimento utilizado para incentivar a total criação de ideias em um tempo restrito. O Brainstorming visa ajudar os participantes a descobrir soluções criativas e inovadoras para as questões da empresa.

BREAK EVEN POINT: Nível de produção ou de volume de vendas que o negócio deve atingir para se tornar lucrativo. É o ponto de equilíbrio, pois abaixo deste nível pode ser prejuízo à empresa. 

C

C2C: Customer to Customer. É a venda direta de cliente para cliente.

CEO: Chief Executive Officer. Em português quer dizer diretor-executivo ou diretor-geral.  É o maior cargo na hierarquia da organização.

COACH: É o nome dado ao profissional que tem a função de conduzir os clientes no desenvolvimento de questões pessoais e/ou profissionais para que ele consiga descobrir novos caminhos e novas possibilidades.

COACHEE: É a pessoa/profissional que está aprendendo com o Coach.

COACHING: É o processo de aprendizado e desenvolvimento de competências, onde o Coach ensina o Coachee.

COMPLIANCE: São medidas, normas e disciplinas que garantem o desenvolvimento do negócio seguindo as diretrizes estabelecidas. Assim, é possível detectar desvios ou inconformidade que fujam às regras.

D

DOWNSIZING: É o enxugamento ou a redução dos níveis hierárquicos de uma organização. A intenção é aproximar os profissionais para facilitar a tomada de decisões.

DUMPING: É um termo utilizado no comércio internacional que traduz a prática comercial desleal de empresas de países que vendem seus produtos por preços muito baixos para prejudicar e eliminar a concorrência local.

E

E-COMMERCE: Comércio eletrônico, por meio de sites da internet.

E-LEARNING ou ELETRONIC LEARNING: É o ensino a distância por meio da mídia eletrônica, principalmente da internet.

EMPOWERMENT: Delegação de autoridade. Significa dar aos colaboradores poder, liberdade e autonomia que permitam a tomada de decisões por parte deles.
ENDOMARKETING: É o marketing interno. Isto é, um conjunto de ações desenvolvidas para conscientizar, informar e motivar os colaboradores.
E-PROCUREMENT: É a utilização da internet para a automatização dos processos de compra e serviços necessários à atividade da corporação.
E-RECRUITMENT: São ferramentas tecnológicas utilizadas no recrutamento e seleção de profissionais.
ERP: Os ERP’s são softwares que integram os diversos setores de uma empresa, possibilitando a automação e o armazenamento de todas as informações de negócios.

ESTADO DE BURNOUT: Nível avançado de estresse e esgotamento do profissional.

EXPERTISE MAPS: São bancos de dados que contêm listas e descrições dos profissionais dentro e fora da empresa.  

F

FEEDBACK: Resposta. É o processo de responder ao funcionário sobre seu desempenho no trabalho. São informações dadas para ajudá-lo a atingir os objetivos.

H

HEADCOUNT: Número de pessoas que trabalham em determinada equipe ou empresa.

HEADHUNTER: Caçador de talentos do mundo corporativo. Profissional ou empresa especializada na procura por bons colaboradores.

HOUSEKEEPING: Técnica utilizada para garantir a qualidade e produtividade na empresa.

I

INTRAPRENEUR: Profissional que coordena uma unidade do negócio como se ela fosse uma empresa independente.  

K

KPI: Key Performance Indicators. São indicadores que medem o nível de desempenho do processo e as atuais condições da empresa, para melhorias. 

L

 LEARNING ORGANIZATION: Organização que cresce e se renova com os aprendizados dos funcionários. 

M

MENTORING: Acompanhamento de um profissional novato realizado por um mentor, geralmente um profissional com experiência e habilidade.

N

NETWORKING: Rede de relacionamentos em que profissionais buscam outros para fazer negócios e iniciar novas oportunidades de trabalho.

O

OUTSOURCING: obtenção de mão-de-obra externa por parte de uma empresa.

P

PDCA:  Plan, Do, Check, Act. Ou seja, Planejar, Executar, Verificar, Agir.  Ferramenta utilizada na melhoria dos processos de fabricação ou de negócios.

S

STOCK OPTIONS: Programa que permite ao colaborador comprar ações da empresa por um preço abaixo do valor de mercado. 

T

TURNOVER: Termo utilizado para caracterizar admissões e desligamentos de profissionais empregados de uma empresa.  

W

 WORKAHOLIC: Pessoa viciada em trabalho.

E então, gostou do nosso artigo com alguns conceitos de RH? Esperamos que sim! Quer saber mais sobre Recursos Humanos e receber conteúdo interessante semanalmente? Assine nossa Newsletter e mantenha-se informado!