Como ser um gestor proativo e se destacar no mercado de trabalho?
Metadados

Como ser um gestor de RH proativo?

O universo corporativo é composto por profissionais de diversos perfis e isso enriquece as equipes e a empresa como um todo. Alguns são mais introspectivos, outros descontraídos, proativos, centralizadores. Há também aqueles que são capazes de realizar diversas tarefas ao mesmo tempo e outros que precisam concluir uma por vez. Enfim, há uma grande diversidade.

Essa diversidade de comportamentos são totalmente naturais, mas, juntas, influenciam o andamento das atividades de qualquer corporação. Afinal, o comportamento do profissional está diretamente ligado à maneira como reagirá às situações e problemas do dia a dia.

Atualmente, muito tem se falado sobre proatividade, ser proativo e agir proativamente. Mas, o que o termo quer dizer exatamente? Como ser um profissional e um gestor de Recursos Humanos proativo? Como é possível identificar se já possui características para ser proativo e que é preciso trabalhar e melhorar para se tornar um? É sobre isso que abordaremos hoje neste artigo, produzido pela Metadados, empresa especializada há mais de 31 anos em soluções tecnológicas de apoio à gestão de pessoas. Acompanhe!

O que é uma pessoa e/ou profissional proativo?

O dicionário traz a definição para a palavra proatividade como a ação de uma pessoa proativa, que é observadas quando esta age antecipadamente, evitando ou resolvendo situações e problemas futuros. 

Ainda segundo o dicionário, o comportamento proativo está relacionado ao ato de evitar ou resolver um provável problema, antes mesmo que ele aconteça. São características de uma pessoa proativa: iniciativa, eficiência e agilidade.

Mas, para uma pessoa ser considerada proativa, é preciso que essas características estejam unidas, pois separadamente não define um conceito de proatividade. Então, a proatividade pode ser definida como um comportamento decorrente de um estado de consciência, de atitude, que é capaz de prever e reconhecer que precisa agir antes que as coisas aconteçam.

Além disso, para ser um pessoa ou profissional proativo, é preciso que as ações sejam baseadas em decisões de valores, ou seja, agir de acordo com dados, conscientes de seus atos e não por impulso e circunstâncias impostas.

E é nesse contexto que o gestor tem papel fundamental, pois sendo proativo, ele é capaz de prever a agir antes que os problemas ocorram, prevenindo a equipe e a sua gestão de riscos mais graves.

O profissional proativo e o mercado de trabalho

Quando nos referimos ao profissional proativo inserido no mercado de trabalho, comumente, ele é reconhecido como aquele que se opõe a quem adota uma atitude passiva diante dos problemas, que não admite fazer apenas o que o gestor solicita, mas que reage às circunstâncias, que questiona e age.

Com base nisso, pode-se dizer, então, que no mercado de trabalho existe, além do profissional proativo, o reativo, isto é, aquele que age como vítima das circunstâncias e que sempre espera uma ordem para que possa executar as atividades.

E você, sabe dizer agora se é um profissional proativo ou reativo? Quer se tornar um gestor de RH proativo e obter melhores resultados?  Confira três características que podem indicar qual o seu perfil:

  • Antecipa os fatos: busca desempenhar um papel de agregador, valorizando aquilo que faz. Logo, ele não faz apenas o que lhe é designado, mas busca antecipar os fatos para que as coisas deem certo, mesmo que as consequências não atinjam somente seu setor ou equipe.
  • Mantem o foco nas soluções: os problemas existem (diariamente) em todas as empresas. O profissional proavito busca manter seu foco nas resoluções destes problemas para que haja melhoria. Assim, apresenta projetos, ações e até realiza mais do que suas tarefas para que processos possam ser melhorados e, assim, evitar consequências maiores. Ou seja, o profissional proativo não tentar fazer, ele simplesmente faz.
  • Tem a capacidade de distinguir as melhores escolhas: para que seja possível observar os problemas, é preciso ter uma visão sistêmica das coisas, ou seja, observar os problemas “fora deles”. Só assim é possível ter a clareza do todo e distinguir qual a melhor escolha a ser feita. Essa visão sistêmica é uma característica do profissional proativo.

Diferença entre proativos e reativos

Rapidamente, citaremos algumas atitudes que diferenciam as ações de profissionais proativos e reativos. Confira:

Situação 1

Reativo: A culpa não é minha!

Proativo: Existe uma maneira de solucionar a situação.

Situação 2

Reativo: Preciso de um emprego. Onde encontro uma oportunidade?

Proativo: Qual seria o melhor caminho para eu conseguir ter determinada carreira?

Situação 3

Reativo: É muito difícil para mim!

Proativo: É uma tarefa complicada, mas vou aprender com ela.

PROATIVO

 

Como se tornar um gestor proativo?

A proatividade é uma característica que pode ser trabalhada ao longo da vida profissional. Ambientes que favoreçam o desenvolvimento de ações proativas contribuem para isso, bem como premiações, autonomia, entre outros.

Além disso, é possível criar hábitos e estímulos para se tornar mais proativo. Confira alguns:

  1. Não espere as coisas acontecerem. Tenha iniciativa e crie oportunidades;
  2. Não procure culpados. Busque soluções realizáveis;
  3. Questione;
  4. Tenha autoconhecimento e seja consciente das suas ações;
  5. Tenha por perto pessoas que te inspiram. Mentores;
  6. Realize uma análise crítica de suas tarefas e tente encontrar a melhor maneira de realizá-las com eficiência;
  7. Tenha prioridades. Realize as atividades prioritárias antes;
  8. Elimine tarefas desnecessárias;
  9. Avalie constantemente seus projetos, ações e atividades diárias;
  10. Procure antecipar suas necessidades – e da equipe;
  11. Automatize suas tarefas do cotidiano. Isso favorecerá a administração do seu tempo;

Com essas iniciativas, todo profissional é capaz de se tornar ainda mais proativo, adquirindo habilidades extras e tornando o dia a dia muito mais produtivo.

Observações

O mercado de trabalho parece estar em constante busca por profissionais proativos. Afinal de contas, suas características fazem com que a empresa possa atingir resultados ainda mais positivos. Então, pode-se dizer que ser proativo tem a ver com um novo perfil profissional, em que profissional e empresas saem ganhando.

Para se tornar um gestor ainda mais proativo, conheça as soluções em RH que a Metadados desenvolve pensando em profissionais como você. São diversos produtos e serviços que maximizam sua capacidade de gerir os processos. Assim, você terá mais tempo para planejar e agir estrategicamente.

Que tal praticar as dicas citadas neste artigo? E, se quiser conhecer mais assuntos que estão nos grupos de Recursos Humanos, acesse nosso blog. Nele, postamos semanalmente conteúdos exclusivos sobre o setor. Acessa lá! Se preferir, inscreva-se na nossa Newsletter e receba artigos, ebooks, ferramentas e vídeos. Desejamos sucesso!