Notícia eSocial: disponibilizada prévia do manual de orientação 2.4.02
Metadados

Notícia eSocial: disponibilizado manual de orientação 2.4.02

Quer entender mais sobre a última atualização do MOS?

Documento oficial do projeto, o Manual de Orientação do eSocial – MOS ganhou, nesta segunda-feira, dia 02 de julho de 2018, uma nova versão, a 2.4.02- sob a Resolução CG – eSocial nº 17, de 02.07.2018 – DOU de 06.07.2018.O MOS foi revisto para abranger todas as alterações promovidas pelo eSocial até hoje, incluindo as Notas Técnicas e Nota de Documentação Evolutiva.

Além do MOS que traz regras de utilização do sistema, prazos de envio dos eventos, exemplos e aplicações mais detalhadas sobre diversos pontos já relatados por usuários, foi disponibilizado também o controle de alterações das versões.

Assim, o usuário já pode se basear nas últimas atualizações para realizar suas entregas.

Quer entender mais sobre a última atualização do MOS? Continue acompanhando este post, produzido pela Metadados – empresa que desenvolve sistema para a gestão do seu RH!

O que mudou?

Algumas alterações foram realizadas no Manual de Orientação do eSocial – MOS versão 2.4 para a versão 2.4.02. Confira algumas delas:

  • Evento S-1000 – alterado o item 5 e acrescentado os itens 8 e 9;
  • Evento S-1005 – alterado o texto do ‘conceito do evento, ‘quem está obrigado’ e do ‘prazo de envio’. Em informações adicionais, foram alterados os itens 2 e 3 e acrescentados os itens 14 a 17;
  • Evento S-1010 – em informações adicionais, foram alterados os itens 4 (Tabela), 8, 11, 14, 15 e acrescentados os itens 3-A, 10-A, 15-A, 18 a 27, além da exclusão do item 12;
  • Evento S-1020 – em informações adicionais, foi alterado o item 7 e acrescentados os itens 8 a 11;
  • Evento S-1050 – em informações adicionais foi alterado o item 2 e acrescentado o item 5;
  • Evento S-1060 – texto integramente reformulado (grupo SST);
  • Evento S-1065 – acrescentado evento novo (grupo SST): “Tabela de Equipamentos de Proteção”;
  • Evento S-1070 – em informações adicionais, foram alterados os itens 2 e 11 e acrescentado o item 13;
  • Evento S-1200 – alterado o texto do ‘conceito do evento’ e ‘quem está obrigado’. Já em alterações adicionais, foram alterados os seguintes itens: 1, 6, 8, 9, 12, 13, 17, 31 e 33, além do acréscimo dos itens 35 a 43;
  • Evento S-1202 – em informações adicionais, foi acrescentado o item 17;
  • Evento S-1210 – em informações adicionais, foram acrescentados os itens 22 e 23;
  • Evento S-1280 – em informações adicionais, foram alterados os itens 5 e 7 e acrescentado o item 7-A;
  • Evento S-1300 – alterado o texto do ‘conceito do evento’ e ‘quem está obrigado’;
  • Evento S-2200 – em informações adicionais, foram alterados os seguintes itens: 9, 27, 30, 34, 35, 38 (‘b’), 40 e acrescentados os itens 32-A, 50, 51, 52 e 53;
  • Evento S-2205 – em informações adicionais, foram excluídos os itens 4 e 5;
  • Evento S-2206 – em informações adicionais, foi alterado o item 8 e acrescentados os itens 13 a 17;
  • Eventos S-2210, S-2220, S-2230, S-2240 – textos integralmente reformulados (grupo SST), ressaltando que na denominação do grupo S-2220 foi acrescentada a expressão ‘exame toxicológico’;
  • Evento S- 2245 – acrescentado evento novo (grupo SST): ‘Treinamento e Capacitações’;
  • Evento S-2250 – em informações adicionais, foi alterado o item 2 e excluídos os itens 6, 8 e 9;
  • Evento S-2260 – em informações adicionais, foi alterado o item 6 e acrescentado o item 9;
  • Evento S-2299 – em informações adicionais, foram alterados os itens 3, 4, 5, 6, 7 e 14, além de acrescentado o item 23 e excluído o item 9;
  • Evento S- 2300 – alterado o texto do ‘conceito do evento’ e em informações adicionais, alterado o item 5;
  • Evento S-2399 – alterado o texto de ‘quem está obrigado’ e do ‘prazo de envio’. Já em informações adicionais, foi alterado o item 1 e acrescentados os itens 5 e 6;
  • Evento S -5001 – em informações adicionais, alterados os itens 3.2.2 (‘b’) e 5, além de acrescentados os itens 2.1 (‘c’) e 5-A;
  • Evento S-5011 – alterado o texto de ‘prazo de envio’ e em informações adicionais, foram alterados os itens 5, 6 (parte 4) e 7 (tabela de código de receita do SENAI, tabela de créditos tributários – Descrição do campo {vrCPCalcPR) e tabela dos códigos de receita 1656-01, 1656-02, 1656-03 e 1656-04, referentes à aquisição de produção rural); e acrescentado o item 7 (referente ao tratamento de débitos suspensos no eSocial).

O que fazer a partir de agora?

Ao se deparar com tantas mudanças, o sentimento que fica é o de insegurança. Afinal, como enviar os eventos depois de tantas alterações e ter a certeza de estar cumprindo com esta nova obrigatoriedade?

Esta é uma pergunta muito comum, mas que pode ser respondida com o apoio de quem estuda o eSocial a fundo, se dedica para criar ferramentas para o gerenciamento das informações e está ao lado do usuário para a realização dos envios.

A Metadados – empresa que desenvolve sistema para a gestão de Recursos Humanos, como o eSocial, já elaborou diversos conteúdos como este para que não restem dúvidas quanto ao projeto.  Confira aqui outros conteúdos sobre o assunto e até o cronograma completo atualizado do eSocial.