Softwares de gestão: processos inteligentes para o RH
Metadados

Softwares de gestão: processos inteligentes para o RH

O apoio da tecnologia no desenvolvimento das empresas já é algo consolidado. Todos já entenderam que ela é uma grande aliada para aumentar os resultados, a produtividade e, consequentemente, potencializar os lucros. Entre os recursos da tecnologia estão os softwares de gestão. 

Uma pesquisa realizada pela empresa de tecnologia Gartner, prevê um aumento de até 2,5% no mercado tecnológico em 2017, quando comparado a 2016. Esses recursos tecnológicos poderão ser usufruídos em diversos ramos, de acordo com as necessidades das corporações.

Ainda de acordo com a pesquisa, as gestões dessas empresas veem na tecnologia um recurso que facilita a administração e aumenta a competitividade do negócio.

Neste sentido, o setor de Recursos Humanos, que já ruma para ações estratégicas, é mais uma vez inserido neste universo, a fim de que seus processos possam se tornam ainda mais inteligentes, ágeis, práticos e assertivos.

Você é profissional de RH e está precisando tornar os processos da sua área mais inteligentes? Então continue acompanhando este artigo, produzido pela Metadados, empresa com mais de 31 anos de experiência soluções tecnológicas e serviços de apoio à gestão de pessoas. Boa leitura!

A importância da automatização dos processos com softwares de gestão

Em todos os segmentos de negócio existe uma grande complexidade fiscal e regulatória. Isto é, as empresas enfrentam um cenário complexo para desenvolver suas atividades. Para que seja possível crescer mesmo em meio à esse cenário e variáveis, é necessário um nível mínimo de automatização. Ou seja, investir em softwares de gestão para tê-los como alicerces do crescimento da empresa ao longo do tempo.

Afinal, quanto mais automatizados estiverem os processos dentro da empresa, mais controle, segurança, eficiência e agilidade terão os profissionais e os gestores. Isso tudo potencializará ainda mais o tempo em que todos terão para pensar e agir estrategicamente.

Com os processos automatizados – e inteligentes – a empresa tem mais pujança para concorrer com outras corporações, bem como aumentar a rentabilidade e oferecer produtos e serviços com mais qualidade.

O RH (ainda) mais inteligente 

A Deloitte Brasil realizou um estudo sobre o “Novo RH”. Segundo a pesquisa, o uso da tecnologia torna a tomada de decisão baseada nos dados do RH uma grande possibilidade, isto é, 77% dos gestores entrevistados classificam as análises dos processos como prioridade.

Para isso, a pesquisa aponta que as empresas estão construindo equipes de análises, trazendo novos softwares de gestão e possibilitando funções mais estratégicas aos profissionais da área.

Ainda, 51% das empresas relacionam o impacto dos negócios, ou seja, seu crescimento ou não, a programas de RH (recrutamento e seleção, retenção de talentos, endomarketing). Além disso, 44% dos gestores já utilizam os dados coletados pelos profissionais de Recursos Humanos, principalmente pelos indicadores de RH, para prever o desempenho dos negócios.

Tudo isso comprova o RH como um setor cada vez mais estratégico dentro da empresa. Os processos automatizados os tornam mais eficientes. Neste sentido, o “novo RH” poderia ser definido como um RH ainda mais inteligente.

Os softwares de gestão 

Para que o RH possa agir com inteligência é necessário que seus processos estejam alinhados com os objetivos da empresa – e automatizados, até porque a tecnologia está mais presente do que nunca no dia a dia de todas as empresas e, aquelas pilhas de papéis a serem despachados, já não são mais realidade nos setores de RH.

Os processos inteligentes para o RH possuem particularidades que os tornam muito diferentes dos processos tradicionais. Entre tantas vantagens em possuir processos inteligentes estão:

  1. Automatização de processos, inclusive os mais complexos;
  2. Diminuição do retrabalho, uma vez que os dados estão em uma plataforma confiável e com mínima possibilidade de erro;
  3. Acesso instantâneo a todos os dados;
  4. Geração de relatórios personalizáveis;
  5. Criação e implementação de rotinas mais eficientes;
  6. Total apoio dos recursos tecnológicos: softwares de gestão;
  7. Diminuição de tempo para executar tarefas operacionais, aumentando o tempo do profissional para as demais atividades;
  8. Substituição e até extinção de processos antigos, propiciando maior autonomia e agilidade;
  9. Redução de custos;
  10. Base sólida para as tomadas de decisões;
  11. Qualidade nos processos.

Mas, na prática, como funciona? Bem, tornar os processos inteligentes não é nada complexo. Para facilitar a compreensão, trazemos exemplos. Confira:

Como implantar processos inteligentes?

  • Informação compartilhada 

Ter acesso imediato e em tempo real às informações do negócio descentraliza e desburocratiza diversas tarefas que até então somente o profissional de Recursos Humanos precisava realizar. Isso quer dizer que no cotidiano do setor e da empresa, consultas da vida laboral do colaborador, indicadores e diversas outras informações podem ser compartilhadas. Essa facilidade tecnológica fará com que o profissional de RH não precise interromper suas tarefas para gerar um relatório, assim como o gestor terá autonomia para tal.

Assim, a empresa ganhará uma melhora significativa na produtividade, aceleração dos processos e evitará retrabalho.

  • Tomada de decisão mais assertiva 

A disponibilidade dos dados no software de gestão torna as informações mais visíveis e integradas. Dessa maneira, tanto o profissional quanto o gestor serão capazes de aumentar a agilidade e a assertividade das tomadas de decisões.

No dia a dia, decidir qual rumo seguir sem ter os dados em mãos é muito complicado. Decisões equivocadas podem comprometer, inclusive, o orçamento da empresa.

meio artigo

  • Processos estruturados 

Empresas que ainda não utilizam a tecnologia a seu favor, continuam dependentes de processos ultrapassados e sem estrutura, o que compromete o seu andamento. Além disso, essas corporações perdem mais tempo e produtividade, que são cruciais para o sucesso do negócio.

Com o software de gestão de RH, todos os processos se tornam ágeis e enxutos, inclusive com o sistema workflow, que dá estrutura por nível ou cargo. Na prática, isso quer dizer que solicitações internas como consulta ao espelho do ponto, demonstrativos financeiros ou até solicitações de folga, que normalmente são registradas junto ao RH, serão automatizados.

  • Processos em conformidade com a legislação 

Outra tarefa do RH que pode ser facilitada com processos inteligentes é a atualização da legislação. Na correria do dia a dia, torna-se praticamente impossível reservar um tempo para adquirir conhecimento, principalmente com as últimas mudanças, como a Reforma Trabalhista.

Por isso, com a automatização dos processos, o profissional tem a garantia de estar adequado à legislação vigente. Os softwares de gestão em RH atendem à disciplina legal e à normatização de cada sindicato. Assim, fechar a folha de pagamento para colaboradores de diferentes sindicatos será muito mais efetivo, visto que o sistema calculará as variáveis automaticamente. Além disso, outras particularidades podem ser automatizadas, como organizar contratos, criar fórmulas de cálculos, programar descontos, entre outros.

Além disso, os impostos, taxas e demais obrigações da empresa e do colaborador também poderão ser indicadas sem que o profissional interrompa sua atividade para confirmar determinada ação.

Quer dar o primeiro passo para ter processos mais inteligentes no seu RH? Conheça as ferramentas desenvolvidas pela Metadados. São produtos e serviços que atendem a todas as necessidades dos setores de recursos humanos, maximizando o potencial dos profissionais e a lucratividade da empresa. Acesse o site da Metadados!