produtividade

Cuidar da saúde do trabalhador aumenta a produtividade?

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 45% da população mundial e aproximadamente 58% da população acima de 10 anos de idade integram a força de trabalho dos países do mundo todo. Isto é, são eles os responsáveis pelo sustento da base econômica e material da sociedade. Nesse sentido, a sociedade se torna dependente da capacidade de trabalho dessa população. E então, o cuidado com a saúde do trabalhador se torna requisito básico para a produtividade e desenvolvimento dos países.

A preservação e atenção à saúde do trabalhador deve começar dentro das corporações, por meio de programas, inciativas e ações que incentivem e valorizem sua importância, continuamente. A saúde ocupacional é, hoje, uma importante estratégia para garantir o bem-estar dos colaboradores e potencializar a produtividade, a motivação e a satisfação no ambiente de trabalho.

Como sua empresa tem cuidado dos colaboradores? Os profissionais de Recursos Humanos e a direção já perceberam que esse tipo de atenção trará benefícios à empresa? Quer saber mais sobre como iniciar o processo? Continue lendo nosso artigo e comprove que a saúde do trabalhador é importante para todos, inclusive para a empresa.

Este conteúdo foi elaborado pela Metadados — empresa que desenvolve e oferece sistema para a gestão de RH. Acompanhe!

A produtividade e o papel do RH na saúde do trabalhador

A OMS acredita que o cuidado com a saúde do trabalhador seja um grande desafio, tanto para as empresas quanto para a sociedade. Existem diversos obstáculos a serem superados, como a tecnologia incisiva, novas substâncias químicas, envelhecimento da população trabalhadora, ocorrência de novas doenças ocupacionais de diversas origens, entre outros.

Por isso, as ações preventivas de cuidado à saúde do trabalho são tão importantes dentro do ambiente de trabalho. O colaborador saudável, que se sente confortável, produz muito mais do que aquele que não se sente bem. Esta produtividade se dá na questão qualitativa, ou seja, melhora os relacionamentos, o entendimento aos clientes, traz clareza mental, comunicação, motivação e confiança. E na questão quantitativa também, aumentando as vendas, reduzindo desperdícios e acidentes de trabalho.

Assim, o papel do setor de Recursos Humanos da empresa se divide entre selecionar, treinar e desenvolver colaboradores, com a função de propiciar um clima agradável, onde a saúde e a qualidade de vida dos funcionários são partes da cultura da empresa.

Empresas que não dão atenção a políticas de cuidado à saúde dos seus funcionários acabam reduzindo a produtividade e perdendo dinheiro. Um estudo americano indicou que empresas da América do Norte perdem, anualmente, cerca de 150 bilhões de dólares com o estresse no local de trabalho, o que aumentou o número de absenteísmo, doenças, licenças, acidentes e conflitos interpessoais.

Confira abaixo algumas das vantagens que o cuidado com a saúde do trabalhador pode representar para sua empresa! 

Vantagens à empresa

A empresa que possui um programa de saúde ocupacional planejado tem melhor condição de acompanhar seus resultados. Uma das vantagens desse acompanhamento é medir os indicadores de RH. Assim, a corporação saberá mensurar os reais motivos para os índices encontrados e iniciar uma mudança interna. Conheça outras vantagens:

  • Redução do Absenteísmo

Quando a saúde está prejudicada, é normal o colaborador deixar de ir ao trabalho. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) avaliou que as principais razões para o trabalhador se afastar das suas funções, são dores nas costas, no pescoço e gripes.

Além dessas causas, os acidentes de trabalho também impactam no absenteísmo. O Ministério do Trabalho e Emprego indica que mais de 700 mil acidentes de trabalhos acontecem diariamente no Brasil.  E, diferentemente das gripes e dores, os afastamentos por acidentes de trabalho assumem gravidades maiores e até ações trabalhistas.

Para que o absenteísmo possa ser reduzido, o ideal é a empresa realizar um acompanhamento constante. Afinal, profissionais que cuidam de sua saúde regularmente estão menos propensos a desenvolverem doenças. Assim, investir em prevenção é mais eficaz do que investir em tratamento e é mais uma segurança à empresa de que os profissionais estarão nos seus locais de trabalho.

  • Diminuição de licenças

Consequências do absenteísmo, as licenças e afastamentos por motivos de saúde prejudicam a corporação. Além de estar sem o trabalho do profissional, a empresa precisará se remodelar para que aquela função não fique sem um trabalhador pelo período da licença.

Para que haja uma diminuição das licenças, a empresa pode promover campanhas de prevenção. Afinal, trabalhadores que cuidam da sua saúde ficam mais dispostos e ativos para executar suas tarefas diárias. 

  • Minimiza possíveis ações judiciais

As doenças decorrentes do trabalho são comuns, por esforço repetitivo, trabalho em locais insalubres, má posição, entre outros. Essas doenças representam, juntamente com os acidentes de trabalho, os principais motivos para ações judiciais contra a empresa.

Então, melhor que remediar é prevenir. Assim, mais uma vez, é importante destacar que o cuidado com a saúde do trabalhador reflete em diversos campos, inclusive no financeiro. 

  • Aumenta a produtividade

Estudo da área de Recursos Humanos comprovaram que profissionais satisfeitos com seu trabalho são até 10% mais produtivos que o profissional insatisfeito. Além disso, trabalhadores saudáveis e satisfeitos direcionam mais energia produtiva pelas causas da empresa, aumentando o rendimento, a produtividade e a lucratividade da corporação.

Comece agora!

A saúde ocupacional é muito além das consultas periódicas ou para admissão e demissão. Ela é uma importante ferramenta de desenvolvimento às empresas que desejam benefícios a longo prazo, isto é, que veem no cuidado com a saúde do trabalhador, uma chance de diminuir as faltas, doenças e atestados.

Se você é profissional de RH, saiba que essas iniciativas podem vir do seu setor. Quer começar agora? O primeiro passo é implantar ações, programas e campanhas de conscientização, pois, por incrível que pareça, muitos profissionais não identificam essas ações como importantes. Depois, é interessante que a empresa adote essas iniciativas como permanentes, incentivando seus colaboradores a terem hábitos mais saudáveis.

Aqui na Metadados, o setor de Recursos Humanos criou um programa com o objetivo de contribuir com a qualidade de vida dos funcionários da empresa, no que tange a educação e prevenção da saúde e do bem-estar no trabalho e na vida. Assim, semanalmente, enviam informações sobre alimentos e suas formas de consumo, a importância de hábitos saudáveis, postura, exercícios físicos regulares, prevenção de hipertensão, diabetes, obesidade, além de fornecer sessões de Shiatsu e aulas de ginásticas matutinas.

Essa é uma ideia que sua empresa pode seguir. Esse tipo de programa pode ser criado em parceria com a CIPA, por exemplo. Há uma infinidade de possibilidades para que a saúde do colaborador receba atenção e a empresa seja beneficiada.

Não perca tempo! Inicie agora essa transformação! Saiba mais sobre nossos conteúdos no Blog. Acesse aqui!

A Metadados é uma empresa especialista em Recursos Humanos. Possuímos produtos e serviços para todas as áreas do segmento. Conheça mais sobre nós aqui!