Metadados

3 vantagens de ter o sistema de RH em nuvem (SaaS)

O armazenamento dos dados em nuvem elimina a necessidade de um servidor interno.

O mercado da tecnologia muda constantemente, por isso, os profissionais de TI, gestores e diretores precisam ficar atentos às novas soluções e às vantagens que elas podem trazer ao seu negócio.

Uma dessas vantagens é o Software as a Service (Software como Serviço) ou simplesmente SaaS. Considerado um avanço da tecnologia, o SaaS pode ser uma ótima alternativa para garantir segurança e agilidade no dia a dia das empresas.

Por isso, na hora de escolher um sistema de RH, a opção de SaaS é um ponto muito importante a ser observado. Quer entender melhor sobre a tecnologia e suas vantagens? Então continue lendo este artigo produzido pela Metadados — empresa que desenvolve e oferece sistema para a gestão de Recursos Humanos.

SaaS: o que é?

O Software como Serviço é uma opção tecnológica que permite ao usuário se conectar e usar aplicativos em nuvem, pela internet. Isso quer dizer que as informações ficam armazenadas em um local “não-físico” e à disposição a qualquer hora do dia e de qualquer local.

Certamente você já utiliza algum serviço SaaS e não imagina. Quer ver? Dropbox e Google Drive são exemplos de serviços oferecidos de forma SaaS.  Além deles, podemos citar os e-mails baseado na Web, como o Outlook, Hotmail e Yahoo!. Nas corporações, são comuns serviços como CRM (gerenciamento de relacionamento como o cliente), ERP (planejamento de recursos empresariais) e até mesmo o Sistema de RH. Viu como já utiliza?

Poder contar com SaaS na empresa traz muitos benefícios, além da mobilidade como citamos acima. Confira abaixo as principais vantagens de ter um Software como Serviço, inclusive no Sistema de RH:

1. Segurança no armazenamento dos dados

O armazenamento dos dados em nuvem elimina a necessidade de um servidor interno. Isto é, a empresa não precisa comprar, locar e pagar para que o servidor permaneça em uma sala física da corporação, necessitando de um ambiente adequado, com infraestrutura como ar condicionado e outras manutenções.

Outra segurança é a garantia do fornecedor. Por meio de um contrato, ele se responsabiliza por possíveis danos que possam atingir as informações armazenadas, além de assinar a garantia da conservação em segurança no datacenter do provedor, seguindo normas de segurança dos órgãos regulamentadores.

2.Redução de custos

A primeira noção que precisamos ter, é que sem a opção SaaS, a própria empresa é responsável por sua infraestrutura. Isto é, a capacidade do hardware deverá ser dimensionada para cada aplicação, observando as variáveis — que podem mudar constantemente.

Já com o SaaS, a responsabilidade pela hospedagem é do fornecedor. Ele será incumbido de ampliar ou reduzir os recursos necessários, ficando os valores por ociosidade ou mal dimensionamento a seu cargo.

Além disso, como citamos no item anterior, não há a necessidade de comprar um servidor e mantê-lo na empresa.

3.Disponibilidade

A disponibilidade do sistema por meio do SaaS traz uma maior agilidade ao usuário, uma vez que o provedor é capaz de otimizar o uso, evitando que o sistema trave, que as operações fiquem lentas ou que parem de funcionar.

Além disso, como ele está em nuvem, é possível que o usuário o utilize 24 horas por dia, de onde esteja, sem que seja preciso utilizar a estrutura interna da empresa.

Em nuvem ou On Premise (no local)?

As duas opções, desde que contratadas de uma empresa séria e confiável, são assertivas. Mas há de se notar que as vantagens de contar com uma solução em nuvem são superiores às de manter o servidor interno, principalmente pela segurança.

Já imaginou perder todos os dados da sua empresa devido ao mau uso do seu Sistema de RH? Confie em empresas que estão no mercado há anos, como a Metadados. Veja tudo que ela pode oferecer em RH para você!