Plano de Cargos e Salários: o que é e como fazer?
Metadados

Plano de Cargos e Salários: o que é e como fazer?

O que te motiva? Esta poderia ser mais uma pergunta qualquer, se na década de 50, o psicólogo Abraham H. Maslow não tivesse criado a conhecida Pirâmide de Maslow — teoria que determina o conjunto de condições necessárias para que um indivíduo alcance a satisfação pessoal ou profissional.

Segundo o conceito, todos nós, seres humanos, vivemos em busca da satisfação de algumas necessidades e, o alcance dessa satisfação nos motiva. Assim, a Pirâmide de Maslow hierarquiza essas necessidades, conforme imagem abaixo:

pirâmide de maslow
Pirâmide de Maslow

Ou seja, Maslow diz que as nossas necessidades básicas são fisiológicas (comer, dormir, ir ao banheiro, etc). Em seguida, são as de segurança (ter uma casa onde morar, etc). Quando atingimos estas duas primeiras necessidades, procuramos um amor e pertencimento (família, filhos, etc). Depois, prestígio e autoestima (reconhecimento profissional, status, etc). Por fim, a autorrealização (se considerar bem-sucedido naquilo que se propôs a fazer).

Se trazermos esse conceito para o mercado de trabalho, o que a empresa pode fazer para que o profissional se sinta motivado?

Uma das práticas mais comuns, dentro de um Sistema de Gestão de Pessoas, é o plano de Cargos e Salários, em que após atender as necessidades básicas do colaborador, a empresa busca potencializá-lo para alcançar prestígio, autoestima e a autorrealização — o topo da pirâmide.

Mas como conseguir isso?

Bem, a empresa pode iniciar fazendo uma avaliação interna, levando em consideração o que ela espera de seus colaboradores e qual plano de carreira e desenvolvimento oferece a eles. No primeiro momento, como vimos, os profissionais buscam atender suas necessidades primárias que podem ser bons benefícios, salário  compatível com o mercado, um ambiente de trabalho agradável, criativo, autonomia de equipes, entre outros.

Depois, a empresa pode pensar em como ela pode auxiliar esse colaborador a atender as necessidades que já não são mais básicas, como a criação de programas de desenvolvimento de carreiras, ascensão, entre outros.

Afinal, Maslow, ainda na década de 50 já comprovava que as pessoas não buscam apenas aquele valor no final do mês, mas algo que faça sentido e que comprove a sua importância.

Quer saber mais sobre Plano de Cargos e Salários e como fazer ele na sua empresa? Então continue acompanhando o artigo produzido pela Metadados — empresa que desenvolve Sistema de RH e confira mais sobre:

Plano de Cargos e Salários: o que é. Ilustração de mulher segurando moeda gigante com a letra i no meio.

Plano de Cargos e Salários: o que é?

De forma geral, podemos definir o Plano de Cargos e Salários como uma ferramenta que possibilita à empresa organizar os cargos de acordo com sua relevância para o negócio da corporação, a partir de uma avaliação profunda e, assim, oferecer salários de estejam alinhados às responsabilidades exigidas para cada cargo e também ao comparativo feito com o mercado.

Assim, fazem parte do Plano de Cargos e Salários: a própria estrutura de cargos, a pesquisa, a tabela e a política salarial, que visam estabelecer regras e orientações a serem seguidas nos casos de contratação, progressão de carreira vertical e horizontal, como promoções e reajustes por mérito ou espontâneos, recrutamento interno, inclusive o conjunto de requisitos exigidos para cada cargo. Com base nisso, a empresa torna os processos de promoção e reajustes de salários mais claros. 

Voltar ao índice

plano de cargos e salários x plano de carreira. Ilustração de pessoas em volta de mesa trabalhando em seus laptops

Plano de Cargos e Salários X Plano de Carreira?

É muito comum vermos profissionais se confundirem entre os termos “Plano de Cargos e Salários e Plano de Carreira. São duas ferramentas distintas. Entenda:

Plano de cargos e salários. Ilustração de edifício de 3 andares.
  • Plano de Cargos e Salários: É focado na empresa, ou seja, define quais os cargos e funções existem na empresa, suas definições, faixas salariais e as competências necessárias para que o profissional preencha cada um deles.
Plano de Carreira. Ilustração de mulher sentada em ampulheta
  • Plano de Carreira: É focado nos colaboradores, isto é, indica o caminho que cada profissional pode percorrer dentro da empresa, determinando as competências necessárias para cada posição e a expectativa da empresa acerca da posição.

Voltar ao índice

Separamos os melhores conteúdos para você saber tudo sobre Cargos e Salários. Confira:


Guia completo para plano de cargos e salários
Gestão de carreira: qual a importância do plano de cargos e salários?
Plano de Cargos e Salários: inicie estruturando os cargos na sua empresa!
Avaliação de cargos: conheça esta etapa para montar o Plano de Cargos e Salários
Saiba porque a pesquisa salarial é essencial para um Plano de Cargos e Salários
Por que fazer um Plano de Cargos e Salários para minha empresa? Ilustração de pessoas próximas a gráficos

Por que fazer um Plano de Cargos e Salários para minha empresa?

Adotar a estratégia de Cargos e Salários pode trazer retornos a curto e longo prazo à empresa. Entre tantos benefícios, a ferramenta pode ser um importante pilar estrutural, desenhando situações atuais e projetando crescimentos futuros.

Neste sentido, certamente, um dos maiores ganhos para uma empresa ao adotar esta estratégia é financeira, uma vez que delimita custos e investimentos, direcionando a gestão de acordo com os recursos existentes, bem como projetando crescimentos pré-estabelecidos.

Além disso, um Plano de Cargos e Salários pode contribuir com a retenção dos talentos na empresa e a redução da rotatividade, uma vez que as pessoas passam a ter clareza das possibilidades de carreira existentes na empresa e, a empresa, passa a ter critérios claros para fazer possíveis progressões.

Voltar ao índice

Vantagens do plano de cargos e salários. Ilustração de pessoas organizando gráfico em tela de monitor

Vantagens do Plano de Cargos e Salários

Além do equilíbrio interno da empresa, ter um Plano de Cargos e Salários reflete positivamente, tanto para a corporação quanto para os colaboradores. Para a empresa, algumas vantagens são:

  • Integra as políticas salarias aos modelos estratégicos de remuneração com base em competências;
  • Retenção e atração de talentos;
  • Estimula o engajamento;
  • Aumento da produtividade;
  • Facilita o processo seletivo;
  • Contribui para o planejamento financeiro;
  • Estimula o aumento da competitividade mercadológica;
  • Possibilita transparência e clareza sobre as expectativas para cada função.

Já para os colaboradores, as vantagens são:

  • Aumento da satisfação;
  • Senso de justiça e de pertencimento;
  • Maior engajamento e produtividade;
  • Clareza acerca das possibilidades de ascensão.

Voltar ao índice

Plano de Cargos e Salários: como fazer? Ilustração de reunião de apresentação de resultados

Plano de Cargos e Salários: como fazer?

Iniciar o Plano de Cargos e Salários, talvez, seja a parte mais complexa. Sim! Não sabemos muito bem por onde começar e isso, muitas vezes, pode dificultar o processo como um todo. Por isso, entender como fazer é fundamental.

De forma genérica, podemos dizer que um Plano de Cargos e Salários possui cinco macroetapas: Análise dos Cargos; Avaliação dos Cargos; Pesquisa Salarial; Estrutura Salarial e Política Salarial.

Cada uma delas possui ramificações que impactam em diversos processos dentro de uma empresa. Entenda mais sobre elas:

Voltar ao índice

Análise dos cargos. Ilustração de homem interagindo com calendário

Análise dos Cargos

A análise de cargos é a primeira etapa do processo, mas é preciso lembrar que antes dela, é necessário fazer a estruturação de cargos, onde a empresa se volta para si, coletando dados para posterior análise de cargos.

A análise pode servir não somente como um estudo, mas como uma forma de melhoria contínua dos processos de trabalho. Nesta etapa, é importante fazer a análise por competência, priorizando o desenvolvimento das carreiras dentro das organizações.

Voltar ao índice

Avaliação dos cargos. Ilustração de mulher sentada a mesa com computador

Avaliação dos Cargos

A segunda etapa é a avaliação dos cargos, que tem como objetivo atribuir valor para cada cargo da organização, conforme o seu grau de relevância, assim como, inseri-los em uma hierarquia, que norteará a estrutura de salários.

Existem vários métodos que podem ser adotados neste processo, sendo recomendável uma análise prévia que possibilite a escolha adequada para cada organização. Entre esses métodos podemos citar: não quantitativos, por escalonamento ou graus determinados; e quantitativos, por meio de pontos ou comparação de fatores.

Voltar ao índice

Pesquisa salarial. Ilustração de homem correndo atrás de moedas

Pesquisa Salarial

A pesquisa salarial é um método que visa identificar o grau de competitividade dos salários pagos pela empresa, em comparação aos pagos pelo mercado. Esta etapa pode ser considerada uma escolha estratégica da corporação e deve estar totalmente voltada ao negócio da organização, garantindo que os dados reflitam a realidade do mercado em que a empresa está inserida

Voltar ao índice

Estrutura Salarial. Ilustração de mulher segurando imã

Estrutura Salarial

As três etapas anteriores fornecerão subsídios para a elaboração estrutural salarial a ser adotada por cada organização. Ou seja, nesta etapa, deverão ser levados em consideração a pesquisa salarial, o método de avaliação de cargos e a análise de cargos. Para saber mais sobre essa estrutura de acordo com cada método escolhido, acesse o Guia Completo aqui!

Voltar ao índice

Política Salarial. Ilustração de homem meditando

Política Salarial

Nesta etapa, o objetivo é estabelecer as regras e os procedimentos a serem seguidos em relação à administração dos salários e também ao sistema de remuneração. É por meio da política salarial que a empresa define critérios para os casos de progressão, reclassificação e atualização dos salários, além da remuneração de admissão, entre outros. A política salarial é estratégica, já que ajuda a atrair e reter talentos, além de possibilitar a vantagem competitiva para a empresa e servir de apoio para a tomada de decisão.

Voltar ao índice

E então, conseguiu entender a importância de ter um o Plano de Cargos e Salários? Que tal aprofundar um pouco mais seu conhecimento em cada macroetapa e iniciar seu plano agora?

Clique aqui e acesse o Guia Completo para Plano de Cargos e Salários.