Avaliação de Desempenho nas organizações: qual sua importância?

Entenda porque avaliar suas equipes é tão importante para seu negócio. Acesse!

Acompanhar de perto o trabalho do colaborador, observar seu comportamento, ouvir o que ele tem a dizer, valorizar suas iniciativas… Estes são alguns dos muitos pontos analisados no processo de Avaliação de Desempenho.

Fundamental para toda empresa que deseja evoluir e se manter competitiva no mercado, a Avaliação de Desempenho pode ser o primeiro passo para isso . Abaixo, nós da Metadados — empresa que desenvolve um completo Sistema de Recursos Humanos — destacamos a importância de manter o processo de Avaliação de Desempenho nas organizações e suas vantagens. Confira!

Avaliação de Desempenho nas organizações: o que é?

A avaliação de desempenho mede a atuação das pessoas frente às atribuições que possuem, verificando o nível de alinhamento de sua performance com os resultados esperados pela empresa. Trata-se de um processo sistemático, periódico e documentado que mensura os pontos fortes e os pontos a serem desenvolvidos.

Mas todo esse processo precisa ser adequadamente estruturado, com regras e critérios claros, servindo como instrumento complementar para o processo de gestão das pessoas, uma vez que implica diretamente, entre outras coisas, nos processos de desenvolvimento. Para isso, é essencial que ele esteja integrado às diretrizes estratégicas da organização, aos seus valores e aos seus objetivos.

A metodologia e os critérios da avaliação de desempenho podem variar conforme a organização. O importante é que as regras sejam claras para todos. Neste processo, o gestor precisa estar atento, buscando evidenciar os pontos fortes, identificar os pontos de melhoria e as necessidades de treinamento, entre outros fatores. Assim, pode equilibrar as metas estabelecidas pela empresa com as expectativas do próprio colaborador, a fim de manter o sistema funcionando em harmonia. O acompanhamento contínuo do líder com a sua equipe e o envolvimento dos colaboradores no processo como um todo são fatores essenciais para o alcance dos objetivos propostos pela avaliação.

A avaliação de desempenho não deve ser um processo periódico de ajuste de contas. É por isso que, em paralelo com a avaliação de desempenho (processo formal e documentado), há outra prática muito importante que, às vezes, é confundida com a avaliação de desempenho: o feedback. Ele ocorre de maneira informal, sem a necessidade de documentação ou de periodicidade, e se recomenda que seja constante.

O feedback permite o estabelecimento de uma relação de confiança entre o líder e o liderado, ele faz com que os avaliados queiram investir ainda mais em seu desenvolvimento, melhorando seu desempenho e trazendo vantagens para si mesmos e para a organização.

A avaliação de desempenho e o feedback podem trazer muitos benefícios e mudanças positivas na gestão de pessoas de uma organização, seja qual for o seu tamanho. Com ela o gestor pode modificar o clima de trabalho, investir em treinamentos, desenvolvimentos e melhorar a produtividade.

Vantagens da avaliação de desempenho

– Clarifica os resultados esperados dos colaboradores;

– Orienta os colaboradores constantemente sobre o seu desempenho, buscando desenvolver as suas competências;

– Possibilita o levantamento de necessidades de treinamento e desenvolvimento, assim como a identificação de novos talentos dentro da empresa;

– Aprimora o relacionamento entre gestores e colaboradores;

– Transmite transparência nas ações;

– Contribui para a melhoria no clima de trabalho.

Como implantar a avaliação de desempenho

Para que a empresa consiga implantar a Avaliação de Desempenho como um processo contínuo de melhoria, deverá seguir alguns passos. Abaixo, listamos os que consideramos essenciais, confira:

  • Internalize a cultura da gestão de pessoas: Este, talvez, seja o passo mais desafiador do processo de implantação da avaliação de desempenho. Toda empresa que deseja iniciar uma gestão de pessoas precisa, antes de tudo, internalizar essa cultura; fazer com que a gestão, direção e colaboradores entendam a importância de processos contínuos de melhorias. Por isso, o RH precisará se impor, mostrar valor no seu projeto e, claro, resultados após a implantação.
  • Construa indicadores de avaliação de desempenho: o segundo passo é ter definidos os indicadores que nortearão o processo. Será por meio dessa mensuração que a gestão terá a comprovação dos resultados do projeto. Seja ousado, inovador e perspicaz ao construir seus indicadores. Conheça alguns deles aqui!
  • Aplique, revise e melhore, sempre: assim como todo processo, a avaliação de desempenho precisará de melhorias, sempre. Por isso, depois de aplicar a avaliação, revise o que deu certo, se há melhorias e as faça. Uma sugestão é conversar com os gestores, colaboradores e até com a direção para que haja uma consonância. Lembre-se: revisar o processo faz parte do processo.
  • Avalie, treine e capacite suas equipes: você já deve estar imaginando que não basta apenas aplicar a avaliação de desempenho, é preciso dar continuidade ao processo, treinando e capacitando as equipes de acordo com o resultado da avaliação, não é mesmo? Muito bem! Este é outro passo fundamental para o sucesso da sua avaliação de desempenho. Saiba mais sobre treinamento e desenvolvimento aqui! 
  • Use a tecnologia como sua aliada: todo esse processo não precisa ser feito à mão. Já existem ferramentas tecnológicas desenvolvidas para isso. Por meio delas, você acompanha as avaliações de desempenho, os prazos, os resultados, os treinamentos e demais processos. Procure a que melhor se encaixar na sua realidade e comece agora a avaliação de desempenho na sua corporação.

Quer receber em seu e-mail conteúdos como este? Então inscreva-se aqui!